(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Todo produtor rural deve tomar cuidados com a estocagem dos grãos. O controle da higienização, da umidade e da ventilação do ambiente ajuda a preservar as características do produto por mais tempo. Nessa etapa da safra, também cresce a preocupação com quebras devido à presença de pragas.

Os insetos não atacam apenas as lavouras. Alguns deles se alimentam do material já colhido. Podem estar escondidos no interior do vegetal, ou mesmo nos silos e armazéns. Saiba mais sobre essas ameaças e aprenda a preveni-las.

Traças atacam grãos na superfície

A traça dos cereais (Sitotroga cereallela) é uma mariposa que deposita até 100 ovos sobre os grãos. Quando eclodem, as larvas penetram na planta, alimentando-se do endosperma. É ali que elas viram pupa e completam seu ciclo até a fase adulta.

Embora sejam mais comuns no campo, essas criaturas podem sobreviver na superfície da massa estocada de milho, trigo ou arroz. O mesmo ocorre com outra espécie: a traça indiana da farinha (Plodia interpunctella). Seu foco está nas culturas de fumo, soja, trigo, feijão, milho e arroz.

A praga tem alto poder destrutivo nas sacarias e, em menor escala, nos grãos armazenados a granel. Os prejuízos incluem a redução de peso do produto e a exposição a outros agentes nocivos.

Caruncho: perigo mais profundo

A infestação por carunchos também ocasiona quebra na produção agrícola. Esses besouros, conhecidos em algumas regiões como gorgulhos, podem ser de diversas espécies. Alguns conseguem romper a casca dos cereais, enquanto outros precisam do auxílio prévio de parasitas como as traças. São, portanto, pragas secundárias.

Mais resistentes, os insetos conseguem se movimentar entre os grãos, chegando a áreas profundas dos silos. Alimentam-se de sementes e cereais diversos. Ainda, podem carregar consigo outros organismos, que causam alteração na qualidade do produto final.

Grãos comprometidos com infestação de carunchos

Grãos comprometidos com infestação de carunchos

Como proteger os grãos armazenados

A presença de insetos na massa de grãos diminui o valor comercial da saca. Algumas indústrias trabalham com uma margem de tolerância, permitindo fragmentos de patas e asas, desde que não comprometam a saúde dos consumidores. No entanto, torna-se difícil observar infestações, pois os animais podem se esconder no fundo dos silos.

A solução é o controle de pragas por meio do expurgo de grãos. O procedimento utiliza fosfina, um gás recomendado por autoridades como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Quando administrado por equipes treinadas, que seguem normas de boas práticas, não há risco para humanos.

Confie na experiência da Desinservice para proteger sua produção agrícola contra quebras. Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.