(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502 | (55) 99905.3373

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Cupins, insetos e ratos podem se alojar facilmente em qualquer cômodo de uma edificação. Porém, existem maneiras simples de evitar infestações, seja em casa, seja no ambiente de trabalho. A estratégia é eliminar os chamados quatro As do controle de pragas, os quais você aprenderá a seguir.

Conheça os 4 As do controle de pragas

Estamos falando de acesso, abrigo, alimento e água. Sem esses elementos, fica mais fácil conter os invasores. Entenda por quê:

1. Acesso

O topo de uma construção pode virar morada para pombos, que fazem ninho no telhado, e para cupins, que se instalam no forro de madeira. No longo prazo, essas estruturas acabam ficando comprometidas. Portanto, deve-se evitar que os animais fixem morada ali.

No caso das aves, a sugestão é instalar grades e equipamentos que impeçam o pouso. Já os cupins e outros insetos costumam migrar à noite, sendo necessário fechar portas e janelas durante o período. Telas protetoras também ajudam a mantê-los do lado de fora.

2. Abrigo

Quando uma praga consegue furar o bloqueio, ela sai à procura de um cantinho para dar início à colônia. Ratos, por exemplo, constroem sua toca num vão da parede, atrás de um armário ou em meio a entulhos.

Nesse ponto, o trabalho consiste em manter o ambiente limpo. Faça faxinas periódicas e evite o acúmulo de lixo nos recintos, inclusive em pátios ou outras áreas externas.

3. Alimento

Dentre os quatro As do controle de pragas, talvez esse seja o mais importante. Você precisa cortar a fonte de alimentação desses animais.

Não basta guardar os produtos em potes fechados. É necessário, ainda, limpar as sobras que ficam em panelas, pratos e fogões. Um pouco de farelo sobre a mesa já atrai baratas e formigas, que podem ser vetores de doenças.

Já os latões de lixo devem permanecer fechados. Restos de comida são uma refeição completa para insetos e ratos.

4. Água

Por fim, lembre-se de evitar água parada em potes, vasos e calhas. Uma poça não só hidrata as pragas, como se torna criadouro do famigerado Aedes aegypti, mosquito transmissor de dengue, chikungunya, zika e febre amarela. Para completar a inspeção, confira se os reservatórios estão vedados e limpos.

Reiteramos que essas precauções colaboram para proteger o local, mas nem sempre impedem uma infestação. Por isso, nos casos mais complicados, chame ajuda especializada.

A Desinservice oferece controle de pombos, controle de insetos, controle de ratos e controle de cupins e brocas. Também atuamos com higienização de reservatórios e com expurgo de grãos, técnica para evitar pragas em silos e armazéns agrícolas. Nossa equipe é treinada e segue todas as normas dos órgãos de Vigilância Sanitária.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios