Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

07rasil é o segundo maior produtor de soja do mundo. Foram 116,996 milhões de toneladas na safra 2017/2018, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Esse número só fica atrás dos Estados Unidos, com 119,518 milhões de toneladas.

Boa parte desse volume é exportada, na forma de farelo, para compor ração de gado. Porém, o grão também é muito versátil na alimentação humana. A seguir, saiba mais sobra a importância da soja no nosso cardápio.

Soja é fonte de proteína em dietas vegetarianas

Os orientais cultivam a soja há milênios. De alto valor proteico, a leguminosa é rica em ferro, cálcio, zinco, potássio e vitamina E. Esses nutrientes ajudam a regular as funções vitais do corpo e contribuem para uma alimentação mais saudável.

Outros benefícios são os fitoestrógenos, associados à queda do colesterol e à melhora de quadros de osteoporose. Já a arginina, um aminoácido, compõe o óxido nítrico, responsável pela vasodilatação. Em boas quantidades no organismo, a substância atua no controle da pressão alta.

E há várias formas de aproveitar a soja no dia a dia. A lecitina pode ser incorporada ao iogurte, pela manhã. No almoço, uma salada com o grão in natura é uma boa opção. O ingrediente também pode reforçar o arroz integral. Já o tofu substitui o queijo feito com leite de vaca.

Combinada com feijão e lentilha, outras fontes de proteína vegetal, a soja contribui para equilibrar a dieta de quem tem restrições à carne. Segundo especialistas, a melhor forma de consumi-la é fermentada, pois, assim, eliminam-se toxinas. Uma ótima pedida é o missô, pasta japonesa que serve de base para sopas e molhos.

Evite quebras na próxima safra de soja

Agora que falamos da importância da soja para a alimentação humana, é natural que você queira oferecer um produto de qualidade aos consumidores, certo? Por isso, prepare-se desde já para a colheita e o armazenamento dos grãos.

Tanto na lavoura quanto nos silos e armazéns, os vegetais sofrem com a ação das pragas. Os parasitas se alimentam das plantas, causando quebra na produção. Eles também podem transmitir fungos que contaminam a massa estocada, o que inutiliza ainda mais sacas. Resultado: preço mais alto e pouco atrativo aos compradores.

Para garantir a produtividade da safra, você deve adotar medidas preventivas. Uma das mais recomendadas é o expurgo de grãos (fumigação), que utiliza gás fosfina para controlar pragas sem danificar o produto. Apenas empresas autorizadas podem realizar esse serviço.

Conte com a experiência da Desinservice. Nossas equipes seguem manuais de boas práticas e atuam conforme as regras dos órgãos fiscalizadores.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento para expurgo de grãos. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios