(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502 | (55) 99905.3373

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Se você trabalha na agroindústria, sabe muito bem o perigo que as pragas representam. Animais como traças e carunchos danificam o produto estocado, causando perda no valor comercial. Para diminuir o prejuízo, a solução passa pela limpeza dos silos e pelo expurgo de grãos.

Essa técnica, também chamada de fumigação, consiste no uso de gás para eliminar parasitas. Quando aplicada da maneira correta, a substância mantém inalterados o sabor, a coloração e as demais propriedades dos alimentos. Porém, é necessário garantir que a equipe responsável pelo serviço cumpra normas de segurança. Ou seja, não dá para confiar em qualquer imunizadora.

A seguir, listamos três dicas para escolher a empresa certa. Acompanhe:

Fumigação requer dose mínima de fosfina

O método de recirculação de fosfina é considerado um dos mais eficazes para impedir o avanço de pragas. Trata-se do produto indicado por autoridades como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Ocorre que, para surtir efeito, a fumigação deve empregar uma dosagem mínima de fosfina, verificada com medidor específico. O cálculo se dá conforme o tamanho da área que passará pelo procedimento.

No entanto, muitas empresas diminuem a quantidade de gás utilizado no expurgo de grãos, ou nem sequer têm o aparelho de medida. Essa prática barateia os custos, mas não garante a proteção da massa estocada. Portanto, aqui vai a primeira dica: desconfie de orçamentos muito abaixo da média.

Expurgo de grãos deve ser feito com segurança

Por outro lado, superdosagens de fosfina podem contaminar seu estoque de milho, arroz ou soja. Esse é um risco sanitário que produtor nenhum deveria correr.

Sendo assim, a equipe responsável pela fumigação deve demonstrar capacidade técnica para realizar o procedimento de maneira segura. A segunda dica, então, é observar se a empresa segue as boas práticas determinadas pelos órgãos competentes, como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês). Seguem algumas das recomendações:

– Os espaços graneleiros têm de ser vedados com lona específica;

– O perímetro deve ser evacuado durante a aplicação da fosfina;

– Os profissionais precisam utilizar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Reputação no mercado determina a qualidade do serviço

A última dica serve para a contratação de qualquer serviço: pesquise sobre a reputação da marca. Companhias sérias têm registro e autorização para exercer as atividades.

A satisfação de clientes anteriores também ajuda a avaliar o nível de competência dos profissionais. Peça referências para outros produtores rurais. Verifique, ainda, se há ocorrências em sites de atendimento ao consumidor, como o Reclame Aqui.

Este artigo foi útil para você? Tem alguma dúvida sobre fumigação? Então entre em contato com a Desinservice e saiba mais sobre o serviço de expurgo de grãos. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios