Blog Desinservice

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Cupins, ratos, baratas… Basta mencionar essas criaturas para você saber que não vem boa coisa pela frente, certo? E é verdade. O prejuízo com pragas urbanas pode ser enorme, por isso a prevenção de infestações é sempre a melhor estratégia.

Hoje vamos explicar quais são os piores estragos que os invasores cometem. Aprenda, também, como evitar as visitas indesejadas em sua casa ou no seu negócio.

5 pragas que causam prejuízo às pessoas

O prejuízo causado por pragas nem sempre é material. Alguns desses seres carregam microrganismos transmissores de doenças, então também há risco à saúde pública. Abaixo listamos cinco ameaças ao ambiente urbano e quais são as maiores preocupações em relação a elas. Confira!

Cupins

Os cupins encontram alimento na celulose. Essa substância está presente em materiais de origem vegetal, como papel e madeira.

Por isso, a presença dos insetos pode levar à destruição completa das estruturas. Livros, documentos, rodapés, batentes, portas, móveis e até paredes de drywall podem ser afetados por esses bichos.

O maior problema é a dificuldade de encontrar o núcleo da colônia. A rainha do cupinzeiro fica escondida no interior da área afetada, botando milhões de ovos ao longo da vida. Já os súditos vão cavando galerias de dentro para fora.

O resultado só se torna visível às pessoas num estágio avançado de degradação. As peças ficam ocas e quebradiças a ponto de se tornarem inúteis para o uso.

Cupim trabalhando em tronco de madeira em decomposição

Cupim trabalhando em tronco de madeira em decomposição

Saiba mais: 5 sinais de infestação por cupim

Baratas

As cascudas também rendem estragos materiais. Elas são capazes de roer roupas e documentos no ambiente doméstico. Sem contar os excrementos largados pelo caminho, que deixam um odor bastante desagradável. Os cômodos mais atingidos costumam ser cozinha e despensa, devido à alta concentração de alimento ali.

No entanto, o grande prejuízo causado por baratas é de ordem médica. Lembre-se de que algumas espécies se deslocam pelas redes de esgoto da cidade, lugares propícios para o desenvolvimento de microrganismos patógenos. Ou seja: elas podem contrair bactérias, fungos e protozoários. Depois, ao transitarem pelos objetos e utensílios da casa, as criaturas acabam contaminando-os.

Baratas são resistentes e possuem muitas habilidades de sobrevivência

Baratas são resistentes e possuem muitas habilidades de sobrevivência

Formigas

Outras pragas que dão prejuízo são as diversas variedades de formigas habitantes da zona urbana. O quê? Você achava que elas apenas incomodavam por causa da coceira das picadas? Quem dera fosse só isso!

Esses insetos buscam alimento em qualquer lugar. A lista vai de lixões até laboratórios clínicos. Portanto, as invasoras podem carregar de tudo nas patas, inclusive vírus causadores de doenças.

Nos hospitais, elas são um importante vetor das superbactérias, pois contaminam alas que deveriam permanecer assépticas. O pior é que uma invasão de formigas costuma ser difícil de combater devido às estratégias de defesa da colônia.

Quando percebe uma ameaça – um jato de spray inseticida, por exemplo –, o grupo se dispersa em vários subgrupos. E cada um deles pode dar origem a um novo formigueiro. Resumindo: o que antes era um único foco acaba virando vários pontos de infestação.

Além do prejuízo nas lavouras e na produção agrícola, as formigas também oferecem risco na cidade

Além do prejuízo nas lavouras e na produção agrícola, as formigas também oferecem risco na cidade

Ratos

Os roedores são um terror tanto no campo quanto na cidade. Na agricultura, ratos podem atacar as plantas na lavoura, ou mesmo os grãos já colhidos. Ao roerem as sacarias, eles tornam esses insumos impróprios para o consumo humano, o que significa quebra na produção.

A indústria e o comércio identificam perdas parecidas. Pense num supermercado, numa padaria ou num açougue. Quaisquer lotes de alimentos atingidos por roedores devem ser retirados das prateleiras, pois podem ter sido contaminados.

Ainda por cima, os ratos roem madeiras e metais. Assim eles conseguem danificar fiações elétricas, móveis e equipamentos diversos. Imagine o preço da manutenção!

Ratos causam prejuízos materiais e também são vetores de dezenas de doenças

Ratos causam prejuízos materiais e também são vetores de dezenas de doenças

Pombos

Por fim, precisamos falar dos “ratos de asas”. Os pombos ganharam esse apelido porque, assim como os roedores, são um perigo à saúde pública.

Os excrementos das aves podem conter fungos e bactérias nocivas. Algumas das doenças causadas por esses organismos são a salmonelose, a criptococose e a histoplasmose.

Além do risco sanitário, existe a sujeira. Os ninhos de pombo geram resíduos que entopem calhas e dificultam o escoamento da água da chuva. Em casos graves, pode haver infiltração no telhado e até a deterioração completa das estruturas.

As fezes dos pombos, tanto por contato direto quando pela aspiração da sua poeira - causam várias doenças

As fezes dos pombos, tanto por contato direto quando pela aspiração da sua poeira – causam várias doenças

Saiba mais: Como limpar fezes de pombos sem arriscar sua saúde

Como evitar prejuízo com pragas

Agora que já vimos como as pragas causam prejuízos materiais e sanitários, resta agir para evitar a catástrofe. A boa notícia é que há métodos bem simples para prevenir infestações. Você pode começar evitando os 4 As – acesso, abrigo, alimento e água. Veja algumas sugestões:

– Mantenha latões de lixo sempre fechados para impedir o acesso de pragas;

– Evite acumular entulho em pátios e depósitos;

– Instale telas protetoras nas portas e janelas para barrar insetos voadores;

– Acondicione a comida em potes hermeticamente fechados;

– Higienize as superfícies com frequência, inclusive as despensas, os almoxarifados e outras áreas de pouco movimento.

Para mais dicas, leia nosso artigo sobre os 4 As do controle de pragas. Link abaixo!

Saiba mais: Evite infestações com os 4 As do controle de pragas

Controle de pragas profissional ajuda a prevenir infestações

Vale lembrar que todas essas ações funcionam de maneira preventiva. Elas ajudam bastante, mas não são 100% eficazes contra insetos e ratos. Portanto, se você quer evitar completamente os prejuízos causados por pragas, precisa investir numa imunização profissional.

O serviço consiste na aplicação de armadilhas, barreiras químicas e outras soluções para evitar a proliferação dos invasores. Todos esses métodos devem ser autorizados pelos órgãos competentes, como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler). Desse modo, asseguram a proteção do local sem causar risco ao meio ambiente.

A Desinservice é referência em controle de pragas. Nossa equipe segue as melhores práticas para você proteger seu patrimônio – seja em casa, seja no local de trabalho.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Atuamos com controle de insetos, controle de ratos, controle de pombos e controle de cupins e brocas.

Fones: (55) 3028.6888 / (51) 99548 6391. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

 

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios

Posts Relacionados