(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502 | (55) 99905.3373

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Ataques de abelha, marimbondo ou formiga não são incômodos apenas para pessoas. Um animal picado por inseto também apresenta desconforto. Em casos graves, o quadro alérgico pode inclusive evoluir para o óbito. Portanto, vale a pena conferir estas dicas de como proteger seu pet.

Primeiros socorros para animal picado por inseto

Cães e gatos são curiosos. É comum que eles capturem bichinhos para brincar, ou mesmo tentem mastigar algumas dessas criaturas. O problema ocorre quando elas têm ferrão, resultando em machucados.

Por conta desse hábito de pegar e abocanhar seres menores, o animal picado por inseto costuma sofrer o ataque em uma das patas, ou então na região da face – focinho, boca e língua. Muitas vezes, os donos só notam que algo está errado quando os primeiros sintomas aparecem.

A reação é similar à alergia dos humanos: inchaço, vermelhidão e dor. Além disso, o peludo tende a ficar agitado e se coçando. Veja o que fazer numa situação dessas:

1. A primeira medida para amenizar o sofrimento do pet consiste em remover o ferrão, se houver. Use um cartão de crédito, um pedaço de papelão ou outro item rígido, friccionando o objeto no local machucado com movimentos de um lado para o outro.

2. Depois, você pode aplicar um emplastro de água gelada com bicarbonato de sódio. Mergulhe uma gaze na solução e esfregue-a sobre a área atingida. Uma alternativa é a trouxinha de pano com gelo, que também pode ser usada para aliviar a dor do animalzinho.

3. Ainda, observe se há sinais mais preocupantes, como caroços pelo corpo ou dificuldades respiratórias. Eles indicam uma reação alérgica grave, que pode evoluir para o choque anafilático. Nesse caso, leve a mascote a uma clínica veterinária. O profissional designado poderá administrar medicamentos anti-histamínicos.

Nesse aspecto, animais domésticos não estão muito distantes de pessoas. Cada organismo reage de uma maneira diferente à picada de inseto. Portanto, na dúvida, a melhor solução é buscar ajuda de um médico veterinário.

Como evitar ataques de insetos em animais domésticos

A melhor forma de evitar ataques de insetos, do mosquitinho à vespa, é tornar sua casa um ambiente seguro. Isso vale tanto para os animais de estimação quanto para o restante de sua família – e, não, nem pense em recorrer às plantas carnívoras.

O serviço de controle de pragas utiliza domissanitários de uso restrito. Quando administradas por profissionais, essas substâncias são eficientes no combate e na prevenção de infestações. E o melhor: não agridem a saúde dos moradores da residência, nem mesmo os de quatro patas.

Entre em contato com a Desinservice e solicite um orçamento para controle de insetos. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios