(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502 | (55) 99905.3373

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Vermelhidão, coceira e dor são as principais consequências de uma picada de inseto. Em geral, não passa disso. Porém, casos mais graves podem desencadear reações alérgicas e pôr a vida da pessoa em risco.

O problema maior acontece porque, muitas vezes, não se percebe o ataque imediatamente. Sendo assim, como saber se o animal é peçonhento ou não? A seguir, tire suas dúvidas.

Características da picada de inseto

As picadas de inseto deixam um caroço avermelhado. Essa protuberância costuma ser de formato oval ou redondo e provocar coceira. O ataque do pernilongo, por exemplo, rende uma bolha relativamente discreta. Já pulgas fazem uma “constelação” de pontinhos vermelhos, principalmente nas pernas e na barriga do freguês.

No caso do mosquito borrachudo, a situação fica mais desagradável. Há inchaço local e prurido. Você pode identificar o machucado, também, por um ponto de sangue coagulado no centro.

A dor é um efeito relacionado à picada de outros animais, como abelha, vespa (marimbondo) e escorpião. A resposta do corpo é imediata, sendo difícil a criatura passar despercebida.

Contudo, não se pode dizer o mesmo das aranhas. As feridas, que apresentam duas marcas paralelas, nem sempre são dolorosas. Ainda assim, é preciso observar se há necrose da pele – resultante do veneno de espécies como a aranha marrom.

Cabe ressaltar que pessoas alérgicas desenvolvem reações exageradas aos insetos. Pode ocorrer muito inchaço, coceira intensa e, em episódios mais sérios, dificuldades respiratórias. Esse último sintoma prenuncia edema de glote ou choque anafilático. O socorro médico deve ser acionado.

Como tratar picada de inseto

A principal recomendação para tratar picada de inseto é lavar a área afetada com água e sabão. Se houver dor, faça compressa de gelo sobre o local.

Você também pode controlar a inflamação com uma pomada específica. Agora, se já tiver apresentado quadros alérgicos anteriormente, recorra a um medicamento anti-histamínico. Esse cuidado ajuda a frear a progressão da reação.

Ataques de animais peçonhentos exigem medidas mais urgentes. Caso a dor seja intensa, siga à unidade de saúde mais próxima e procure atendimento especializado. Isso vale, principalmente, para picadas de escorpião ou aranha. Muitas espécies de aracnídeos não representem risco à saúde humana, mas, na dúvida, melhor não arriscar.

Sinais como febre, enjoo e indisposição também devem ser investigados. Eles podem indicar intoxicação, ou mesmo uma doença transmitida por mosquito.

Problemas com insetos? Chame a Desinservice

O controle de insetos, também conhecido como desinsetização ou dedetização, é indicado para ambientes com alta incidência de insetos. Os procedimentos têm ação curativa e preventiva. Ou seja: tanto eliminam o problema com protegem o local contra novas infestações.

O serviço da Desinservice segue normas de segurança ambiental e não oferece risco às pessoas. Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios