Blog Desinservice

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Para muitos estabelecimentos comerciais e industriais, o controle de pragas é uma exigência legal, inclusive para a concessão e a manutenção do Alvará de Funcionamento.

Não é para menos: as pragas urbanas são vetores de doenças e certas atividades e produtos poderiam propagar a contaminação de forma descontrolada.

Sendo assim, o controle de pragas profissional é muito mais que uma regra a ser cumprida ou uma burocracia: é uma questão de saúde e segurança dos seus colaboradores, dos usuários dos seus serviços e dos consumidores dos seus produtos.

O que é o Controle de Pragas?

Lembra do termo “dedetização”? Essa denominação é antiquada. A expressão correta é Controle (ou Gerenciamento) Integrado de Pragas.

Trata-se de um sistema que incorpora ações preventivas e corretivas contra vetores e pragas, impedindo que eles causem problemas significativos, aplicando métodos de controle e critérios para garantir resultados positivos sob o ponto de vista higiênico, ecológico e econômico.

Além disso, este controle especializado minimiza o uso indiscriminado de praguicidas que vinha sendo empregado até então por pessoas sem conhecimento técnico. 

Como funciona?

No sistema de controle de pragas, alia-se ações preventivas e corretivas, como medidas físicas, químicas e biológicas. Estas medidas têm por objetivo prevenir os 4 A`s: Acesso, Abrigo, Água e Alimento, impedindo a permanência e a proliferação de pragas urbanas que possam comprometer a qualidade higiênico-sanitária do local e do produto.

Saiba mais: Evite infestações com os 4 A’s do controle de pragas

Quais empresas são obrigadas a ter controle de pragas?

As empresas sujeitas ao licenciamento e fiscalização da Vigilância Sanitária e Ministério da Agricultura, respeitando a legislação estadual, municipal e porte da empresa, terão a obrigatoriedade de apresentar o laudo de inspeção e tratamento contra pragas urbanas (desinsetização, desratização) e da limpeza da caixa d’água, tanto para sua abertura como periodicamente.

Este laudo e o controle propriamente dito serão, obrigatoriamente, realizados por uma empresa especializada e com registro no órgão regulador. No Rio Grande do Sul, o órgão regulador é a FEPAM (Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler). Ao contratar uma imunizadora, verifique se ela é licenciada.

Os exemplos a seguir são de estabelecimentos que necessitam do controle de pragas para a obtenção do alvará de funcionamento. Dependendo do setor, a periodicidade do controle será mensal, já para outros será semestral ou anual.

Confira com a vigilância sanitária qual é a exigência para o seu negócio!

Saiba mais: Controle de pragas evita multas da Vigilância Sanitária

1. SETOR DE ALIMENTAÇÃO

Estabelecimentos comerciais:

Varejo e atacado com exposição de alimentos de industrializados, hortifrutigranjeiros, carnes, pescados, alimentos preparados. 

  • Mercados
  • Supermercados
  • Hipermercados
  • Atacados
  • Mercearias
  • Padarias
  • Açougues 
  • Lojas de conveniências
Alimentos mais que saudáveis - Saiba como ter Segurança Sanitária em seu ambiente alimentício.
Serviços de alimentação: 

Preparação e fornecimento de refeições prontas para consumo.

  • Restaurantes comerciais e industriais
  • Lanchonetes
  • Buffets
  • Cafeterias
  • Pizzarias
  • Cozinhas de instituições, como de creches, escolas, asilos e hospitais.

Saiba mais: Insetos e bactérias não harmonizam com gastronomia

Indústria:
  • Panificadoras
  • Produção de alimentos
  • Alimentos de origem animal (Frigoríficos, Laticínios, Avícolas)
  • Fracionamento de alimentos
  • Produção de embalagens para alimentos
  • Produção, armazenamento e transporte de bebidas

2. SETOR DE SAÚDE

  • Clínicas
  • Clínicas estéticas
  • Hospitais
  • Laboratórios
  • Consultórios
  • Farmácias e Drogarias
  • Clínicas Veterinárias
  • Comércio de produtos médicos, odontológicos e farmacêuticos
  • Produção e distribuição de Medicamentos, drogas e insumos farmacêuticos

Infográfico - Sinais da presença de pragas urbanas

 

3. SERVIÇOS

  • Academias
  • Hotéis
  • Estúdios de Pilates, Fisioterapia e similares
  • Funerárias

Saiba mais: A importância da sanitização em hotéis e pousadas

Então: sua empresa se enquadra em alguma destas atividades?

Lembre-se que estes são apenas alguns exemplos, por isso indicamos que, antes de abrir uma empresa ou antes da próxima inspeção, você verifique as legislações aplicáveis ao seu negócio e evite surpresas desagradáveis, como multas e interdições. 

O controle de pragas ajuda a garantir a saúde do consumidor e dos trabalhadores da sua empresa.

 

Onde encontrar dedetizadora no Rio Grande do Sul?

Desinservice conta com profissionais treinados para o controle de insetos, de ratos e de cupins e brocas. Oferecemos garantia dos serviços, com assistência técnica durante todo o período. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas sobre esses procedimentos. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios