Blog Desinservice

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Atacar o vírus onde ele tem mais chance de se propagar. Esse foi o objetivo de Jefferson Hoffmann, Diretor da Desinservice, ao oferecer para o poder público de Santa Maria e de Porto Alegre uma ação social contra o coronavírus: a sanitização voluntária em pontos críticos dos municípios.
A doação do serviço especializado pode auxiliar muito no combate ao coronavírus no Rio Grande do Sul. Principalmente, se considerarmos os locais beneficiados: instituições de saúde e espaços com grande fluxo de pessoas.

O que é a sanitização contra o coronavírus?

 

Recentemente, você deve ter visto na TV alguns profissionais, usando máscaras e trajes de proteção, pulverizando um produto nas ruas e hospitais. A sanitização de ambientes é feita dessa forma.

 

A pulverização de quaternário de amônia de quinta geração, recomendado pelo Ministério da Saúde e ANVISA, elimina vírus, fungos, bactérias e outro microrganismos, inclusive o novo coronavírus. Todos esses agentes nocivos são eliminados após 10 minutos de contato com o produto.

 

Sanitização contra o coronavírus

Sanitização voluntária em Porto Alegre. Foto: Cesar Lopes, divulgação da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

 

O maior benefício da sanitização no combate ao coronavírus é deixar o ambiente “zerado”, ou seja, livre de qualquer vírus que possa estar depositado nas superfícies. Estudos demonstram que o novo coronavírus fica ativo em alguns materiais por horas ou dias, podendo causar novas contaminações através do toque. Imagine o seguinte exemplo: se um portador da Covid-19 tiver resíduos do vírus em suas mãos e encostar em um corrimão, a pessoa que tocar no mesmo local, nas próximas horas, ficará com o vírus em sua mão também. Caso leve a mão aos olhos, nariz ou boca antes de higienizá-las, é muito provável que ela se contamine.

 

É importante salientar que a utilização produtos inadequados, ou preparados de forma errada, como forma de sanitização pode trazer riscos às pessoas e aos objetos, como alergias, corrosão, entre outros. A sanitização com quaternário de amônia é segura e altamente indicada.

Saiba Mais: Sanitização contra o coronavírus

Cidades e locais beneficiados

 As ações voluntárias de sanitização já aconteceram nos municípios de Santa Maria, Porto Alegre e Cachoeira do Sul, focando em instituições de saúde e em pontos de grande circulação de pessoas, como ruas comerciais, praças, paradas de ônibus, arredores de hospitais, Unidades Básicas de Saúde, lares de idosos, rodoviárias, entre outros.

Combate à Covid-19

Ação social na capital do RS. Foto: Cesar Lopes, divulgação da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

 

A ação é simples, ou seja, não exige a desocupação do local por muito tempo, permitindo a retomada das atividades em poucos minutos, e pode ser feita de forma preventiva também por bancos, supermercados, indústria, hospitais, escolas e comércio em geral.

No vídeo a seguir, você confere a ação voluntária de Sanitização realizada pela Desinservice em Santa Maria/RS no dia 23 de março. A aplicação de sanitizantes para coronavírus foi realizada no Calçadão, na Praça Saldanha Marinho, nas paradas de ônibus da Avenida Rio Branco, nas Delegacias de Polícia e em outros locais de grande fluxo de pessoas.

 

 

Alguns dias depois, em 28 de março, a ação social voluntária de Sanitização foi realizada pela Desinservice, em parceria com a Imunizadora Hoffmann, em Porto Alegre/RS.

O procedimento foi realizado nos principais pontos de circulação de pessoas como a rodoviária, a estação de trem, a Rua dos Andradas, entre outros, e nos arredores de hospitais.

 

 

O Rio Grande do Sul apresentou, até meados de maio, o menor ritmo de contágio entre os Estados brasileiros. As medidas preventivas individuais e coletivas têm sido fundamentais para frear o contágio do novo coronavírus. Além disso, estamos chegando no inverno, época em que a gripe também é responsável por muitas hospitalizações e óbitos. A sanitização também é eficaz no combate ao vírus da gripe.

 

Qual é a frequência ideal para a Sanitização?

O tempo entre os procedimentos depende do volume de circulação de pessoas:

  • Alto fluxo de circulação: sanitizar uma vez por semana;
  • Médio fluxo de circulação: sanitizar quinzenalmente;
  • Baixo fluxo de circulação: sanitizar mensalmente;
  • Residências: sanitizar a cada 3 meses ou em menos tempo, em caso de necessidade.

Nossos especialistas podem ajudar você a estabelecer a frequência ideal com base nas particularidades do seu ambiente.

Saiba Mais: Prevenindo o coronavírus: 5 locais de sanitização obrigatória

 

Por que contratar agora?

Além de garantir saúde e segurança, o motivo mais vantajoso para contratar agora a sanitização de ambientes é porque o serviço está pelo PREÇO DE CUSTO.

Em uma campanha inédita para viabilizar o serviço para o maior número de empresas e lares possível, além de garantir a manutenção dos empregos da nossa equipe e manter as compras dos fornecedores, a Desinservice está oferecendo o serviço de sanitização contra o coronavírus pelo preço de custo temporariamente.

Aproveite a oportunidade!

Desinservice possui uma equipe altamente qualificada para a sanitização de ambientes. Nós seguimos rigorosos protocolos de segurança e utilizamos a mais alta tecnologia.

Entre em contato e solicite um orçamento para sanitização de ambientes. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 99548 6391. Whatsapp: (55) 99905.3373. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios

Posts Relacionados