(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502 | (55) 99905.3373

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

Produtores agrícolas do país inteiro enfrentam problemas com quebra. Somente no cultivo de milho, estima-se que a perda chegue a 10% do volume total. Dados semelhantes são registrados nas lavouras de soja, arroz e outros cereais.

Um dos principais motivos para tanto prejuízo são as pragas. Criaturas como traças e besouros atingem tanto as plantações quanto silos e armazéns de estocagem. Ou seja, podem danificar a massa de grãos em qualquer estágio do processo, diminuindo a qualidade e o valor do produto final.

Fumigação ajuda no combate a pragas agrícolas

O problema da quebra pode ser resolvido, em parte, com a adoção de boas práticas durante e após a colheita. Os ambientes de estocagem precisam estar higienizados. A umidade do ar deve manter-se em níveis controlados. Recomenda-se, ainda, que a produção atual não seja misturada com o excedente de safras passadas.

Mesmo assim, tamanhos cuidados não são suficientes para evitar avarias. Alguns insetos escondem-se nas plantas, ou então nas estruturas de madeira das edificações. Com alimento em abundância, esses animais se reproduzem rapidamente e elevam os estragos.

A solução para evitar ainda mais perdas está no expurgo de grãos. A técnica, também conhecida como fumigação, consiste no uso de gás em material recém-colhido ou já armazenado há um tempo.

A substância ajuda a controlar infestações de pragas por via seca, sendo eficaz tanto nos grãos quanto em seus subprodutos. O procedimento pode ser conduzido em silos de concreto, tulhas, armazéns graneleiros, vagões de trens, porões de navios e quaisquer outros locais fechados.

Fosfina: substância certa para o expurgo de grãos

O método de recirculação de fosfina é considerado um dos mais eficazes para impedir o avanço de pragas nos estoques da agroindústria. Esse químico age em todas as fases de desenvolvimento dos insetos, do ovo à idade adulta. E o melhor é que não causa contaminação, mantendo inalterados o sabor, a coloração e as propriedades organolépticas dos grãos.

Autoridades como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) indicam o uso da fosfina. No entanto, esse gás, assim como inseticidas e outros defensivos agrícolas, deve ser manejado de acordo com as instruções do fabricante. Superdosagens podem causar problemas de saúde aos trabalhadores rurais e danos graves ao meio ambiente.

É por isso que o expurgo de grãos deve ser realizado por profissionais que atendam às normas de segurança. O serviço envolve a vedação das unidades e o manuseio adequado do fumigante.

Entre em contato com a Desinservice e solicite um orçamento para fumigação. Nossas equipes utilizam equipamentos de proteção e seguem manuais rigorosos de boas práticas. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios