fbpx

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.
Qual é o grau de risco que a sua casa oferece para crianças? Se você tem crianças na família, confira as 50 dicas a seguir e avalie as melhorias possíveis para o seu lar!

 

Crianças são uma fonte infinita de energia e curiosidade: a gente nunca sabe o que eles farão em seguida!
Só que isso pode ter resultados desastrosos se o ambiente oferecer risco à saúde e ao bem-estar dos pequenos!
Quem tem criança sabe que qualquer momento sem supervisão, mesmo em questão de segundos, pode ser perigoso!

 

Os principais acidentes que envolvem as crianças em casa são asfixia, sufocação, aspiração de corpos estranhos, intoxicação, queimadura, queda, afogamento, choque elétrico e trauma.
Ao mesmo tempo, as doenças mais comuns na infância tem origem em problemas respiratórios, alergias, infecções, doenças virais e contaminações.

 

A maioria dessas coisas pode ser evitada! Confira abaixo os itens que você deve observar e compartilhe esse conteúdo com outros pais!

 

50 dicas para uma casa saudável para seus filhos

 

Móveis

1. Armários, estantes e outros móveis pesados devem estar fixados nas paredes. As crianças costumam escalar móveis para pegar objetos e, se eles estiverem soltos, podem tombar sobre elas, ocasionando acidentes graves.

2. Se você tem móveis com rodinhas, lembre-se de ativar as travas.

3. Crianças gostam de se esconder dentro de armários para brincar. Aranhas também gostam do interior dos armários! Mantenha a desinsetização da casa em dia e evite acidentes com picadas!

4. Para evitar quedas, diminua a altura do berço conforme a criança for ficando mais velha.

5. Prefira móveis com cantos arredondados e, nos móveis com quinas, coloque protetores de silicone.

6. A cama do bebê deve ter proteção lateral e a distância entre as barras da grade não deve ser maior que 5cm, para evitar que a cabeça fique presa.

7. Para crianças maiores, se a cama é um beliche, ele precisa ter grades e travas para evitar quedas.

8. Os colchões e estofados devem ser sanitizados com frequência, pois o acúmulo de poeira e substâncias orgânicas acelera a proliferação de ácaros, micróbios, fungos e bactérias.

9. Móveis de madeira devem passar por descupinização, pois a presença de cupins pode enfraquecer a estrutura do móvel e causar acidentes.

10. Pulgas e percevejos podem ficar nas reentrâncias de sofás e colchões, picando e sugando o sangue de qualquer humano que passe por ali, inclusive das crianças. As picadas são dolorosas e causam alergias, por isso o melhor é manter a desinsetização em dia em toda a casa.

 

Portas e janelas

11. Utilize protetores nas portas, evitando que elas batam bruscamente e esmaguem os dedinhos das crianças.

12. Casa com escada? Delimite o acesso colocando portões no primeiro e no último degrau.

13. Os móveis que podem ser “escalados” devem ficar longe das janelas.

14. As janelas devem ter grades ou telas de proteção.

15. Se tiver portas de vidro, sinalize-as na altura do olhar da criança.

16. Se possível, mantenha a porta do banheiro fechada, pois essa é a peça da casa onde mais ocorrem quedas em função do piso molhado.

 

 

Pisos

17. Utilize tapetes antiderrapantes.

18. Meias antiderrapantes para as crianças também são uma boa alternativa.

19. Mantenha o piso sempre limpo: sujeira e farelos de alimentos atraem baratas, formigas e ratos. Além da limpeza, utilize o controle de pragas como uma barreira protetora.

20. Após a limpeza do piso, esvazie baldes ou bacias e deixe-os fora do alcance da criança.

21. Mantenha o piso seco para evitar escorregões e quedas.

 

Pátio e Piscina

22. Plantas: certifique de que as plantas que estão nas áreas frequentadas pela criança não são tóxicas.

23. Para a segurança de todos, se possível, os pisos devem ser antiderrapantes.

24. A piscina deve ser cercada com telas ou grades que não possibilite a escalada.

25. A vegetação do pátio e do jardim deve ser mantida aparada e bem conservada, evitando o surgimento de pragas e insetos.

26. O pátio deve estar livre do acúmulo de lixos ou materiais, que podem ser abrigo de bichos e insetos.

27. Ao permanecer com a criança ao ar livre, é fundamental prestar atenção aos insetos, uma vez que picadas podem desencadear reações alérgicas e transmitir doenças.

28. Sempre que estiverem na piscina, crianças de qualquer idade devem ser supervisionadas. Uma criança pode se afogar com 2,5 cm de profundidade de água, por isso é tão importante ter algum adulto por perto.

 

Cozinha

 

29. Se puder, impeça o acesso da criança na cozinha com o uso de um portãozinho, pois este é o ambiente da casa que mais oferece situações de risco.

30. Fogão: tente usar os queimadores de trás e mantenha os cabos das panelas virados para dentro.

31. Mantenha sua cozinha livre de moscas: elas têm alto potencial contaminante para os alimentos. A armadilha luminosa é uma forma simples e sem aplicação química de controlar insetos voadores.

32. Guarde fósforos e isqueiros em locais mais altos.

33. Guarde objetos cortantes e perfurantes em gavetas com travas.

34. Guarde louças quebráveis em armários mais altos.

35. Mantenha o lixo fechado com tampa e em local de difícil acesso para a criança.

36. Mantenha os fios dos eletrodomésticos enrolados (para que não possam ser puxados).

37. Mantenha os produtos de limpeza na embalagem original e fora do alcance das crianças. Evite fracionar produtos de limpeza em garrafinhas de refrigerante, que podem ser confundidas e consumidas pelas crianças.

38. A cozinha, em função dos alimentos, da água e dos inúmeros locais de abrigo, é um dos maiores atrativos de pragas e insetos que transmitem doenças. Considere o controle de pragas como uma prevenção fundamental para manter sua família saudável.

39. A caixa d´água ou reservatório precisa ser higienizada a cada 6 meses, pois qualquer rachadura ou presença de microorganismos pode contaminar a água que é consumida por todos. Crianças são mais afetadas por doenças virais e bactérias, por isso não é bom facilitar!

 

Diversos

40. Crianças amam animais de estimação, então o cuidado com a saúde dos pets é também o cuidado com a saúde da criança: mantenha seu animalzinho com as vacinas e remédios em dia.

41. Apenas 5% das pulgas estão no animal, o restante está em forma de ovos no ambiente! Para garantir um ambiente saudável, garanta o controle de pulgas e carrapatos no seu pátio.

42. As alergias e problemas respiratórios são mais comuns na infância: contrate a sanitização de ambientes para combater mofo, fungos, vírus, bactérias e a proliferação de ácaros que podem afetar as crianças.

43. Remédios podem ser confundidos com balas e, por isso, devem permanecer em armários altos ou trancados.

44. Evite toalhas de mesa, pois elas podem ser puxadas, derrubando sobre a criança tanto alimentos e bebidas quentes quanto objetos pesados e/ou quebráveis.

45. Cuidado especial com os puxadores das persianas: eles podem causar enforcamento ou podem ser puxados pela criança, derrubando a estrutura e causando traumas.

46. Crianças podem se mexer muito enquanto dormem, “embolando” as roupas de cama! Por isso, cobertores e lençóis devem ser presos aos pés da cama para evitar asfixia.

47. Utensílios e ferramentas de algum hobby (jardinagem, crochê, marcenaria) devem ficar em um armário ou cômodo fechado, fora do alcance da curiosidade da criança.

48. Sacos e sacolas plásticas também podem resultar em asfixia, por isso devem ficar em locais de difícil acesso.

49. Dê brinquedos conforme a idade recomendada, evitando a presença de peças que possam ser engolidas ou aspiradas.

50. Utilize capas protetora em todas as tomadas que estão sem uso, mesmo as versões mais modernas. A precaução é para que a criança não consiga introduzir objetos nos furos, sofrendo choques elétricos.

 

Além de todos os cuidados acima, uma casa saudável para crianças é uma casa cheia de amor e bons exemplos! Crie um ambiente de apoio e incentivo para que a criança possa desenvolver suas melhores habilidades!

E aí? Gostou das dicas?

Já pensou em quais itens você vai aplicar imediatamente?
Compartilhe esse conteúdo com outros pais! Mas antes de sair do blog, confira também o nosso Calendário Mensal de Limpeza e Organização! A gente acha que você vai gostar! Visite o post aqui ou baixe o calendário no banner abaixo.

 

download calendário de limpeza grátis Desinservice

 

Além das dicas sugeridas acima, você pode contar com a ajuda da Desinservice para a desinsetização profissional, a sanitização de ambientes, colchões e estofados e a limpeza de reservatórios.

 

As normas de segurança seguidas pela Desinservice priorizam a qualidade de vida e a saúde da sua família. Consulte-nos!
Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.
Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios