(55) 3028.6888 | (51) 3723.1502 | (55) 99905.3373

Blog

Novidades e conteúdo exclusivo sobre saúde ambiental.

O controle de pragas urbanas deve ser realizado por uma empresa séria. Como o serviço envolve a aplicação de substâncias químicas, é preciso que os profissionais tomem as medidas de segurança necessárias. Esse cuidado resguarda a saúde de pessoas e animais, além de proteger o meio ambiente.

Infelizmente, porém, existem casos de companhias que não seguem as regras. Essas equipes de dedetização não só põem os consumidores em risco, como oferecem um serviço ineficaz. Nesse ramo, há até mesmo quadrilhas de estelionatários que oferecem soluções “milagrosas” para eliminar mosquitos, baratas e ratos.

Portanto, se você enfrenta problemas com infestação, precisa tomar algumas precauções para não passar transtornos mais tarde. A seguir, veja como escolher a empresa controladora de pragas.

5 dicas para contratar o controle de pragas

  1. Verifique se a empresa tem licença. Companhias que atuam nessa área precisam de registro junto aos órgãos competentes, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Aqui no Rio Grande do Sul, outra entidade de destaque é a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam).
  2. Informe-se sobre a reputação da marca. Antes de fechar um contrato, procure observar a trajetória que a dedetizadora mantém no mercado. Você pode solicitar referências junto a clientes anteriores. Pesquise, ainda, se há ocorrências em sites de atendimento ao consumidor, como o Reclame Aqui.
  3. Desconfie de orçamentos muito abaixo da média. O preço “camarada” indica dois possíveis problemas. O primeiro é a mão de obra barata, sem qualificações para executar a desinsetização. O segundo é o uso de produtos sem procedência, ou com princípio ativo pouco eficiente. Esses inseticidas não resolverão seu problema. Devem ser empregados domissanitários autorizados de uso profissional.
  4. Exija garantia. Insetos, cupins e ratos conseguem se esconder com facilidade. Por mais minuciosa que seja a inspeção, pode haver algum bichinho que escape. Nesses casos, é preciso garantir que os responsáveis pelo controle de pragas ofereçam assistência técnica. Se houver novos focos de infestação, a equipe retorna ao local.
  5. Conheça o segmento. O controle de pragas está em constante transformação. A própria nomenclatura mudou, pois o antigo termo (dedetização) associava-se a um pesticida que não é mais usado. Continuamente, novas tecnologias surgem para tornar o serviço ainda mais eficaz, com responsabilidade ambiental e segurança para as pessoas.

Os colaboradores da Desinservice passam por treinamentos e cursos de atualização. Nossos profissionais utilizam equipamentos de proteção individual (EPIs) e seguem todas as normas indicadas pelos órgãos fiscalizadores. Confie em nossa experiência.

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas sobre controle de insetos, controle de cupins e brocas e controle de ratos. Fones: (55) 3028.6888 / (51) 3723.1502. Atendemos em todo o Rio Grande do Sul.

Orçamentos para Controle de Pragas, Sanitização e Higienização de Reservatórios